O que a finasterida pode causar?

Produtos Farmacêuticos

O que a finasterida pode causar?

julho 10, 2023
Junte-se a mais de 100 mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos, presentes, brindes exclusivos com prioridade

Se você está considerando o uso de finasterida ou já a utiliza, é importante compreender os possíveis efeitos colaterais associados a essa medicação. Neste artigo, abordaremos os potenciais efeitos adversos que a finasterida pode causar. Vale ressaltar que este conteúdo não se trata de uma oferta, mas sim de informações relevantes para gerar valor aos leitores.

O que é a finasterida?

Antes de discutirmos os efeitos colaterais da finasterida, vamos entender o que é essa substância. A finasterida é um medicamento utilizado principalmente no tratamento da hiperplasia prostática benigna (HPB) e da queda de cabelo masculina, também conhecida como alopecia androgenética. Ela atua inibindo a enzima 5-alfa-redutase, responsável pela conversão da testosterona em di-hidrotestosterona (DHT), um hormônio associado à HPB e à queda de cabelo.


Efeitos colaterais da finasterida

Embora a finasterida seja geralmente bem tolerada, é importante estar ciente dos possíveis efeitos colaterais que podem ocorrer durante o seu uso. Abaixo, listamos os principais:

1. Disfunção sexual

Um dos efeitos colaterais mais relatados é a disfunção sexual, que inclui diminuição da libido, dificuldade de ereção e diminuição do volume ejaculatório. Esses sintomas são reversíveis na maioria dos casos após a interrupção do uso da finasterida.

2. Ginecomastia

A ginecomastia, caracterizada pelo aumento do tecido mamário masculino, também pode ocorrer como efeito colateral da finasterida. Embora seja uma ocorrência rara, é importante estar ciente dessa possibilidade.

3. Alterações no humor

Alguns pacientes relataram alterações no humor, como depressão, ansiedade e irritabilidade, durante o uso da finasterida. É importante estar atento a essas mudanças e, se necessário, buscar orientação médica.

4. Reações alérgicas

Embora menos comuns, reações alérgicas à finasterida também foram relatadas. Caso ocorram sintomas como erupções cutâneas, coceira, inchaço ou dificuldade respiratória, é essencial buscar assistência médica imediata.

5. Outros efeitos colaterais

Além dos efeitos mencionados, a finasterida pode estar associada a outros efeitos colaterais menos comuns, como dor nos testículos, sensibilidade mamária, dor de cabeça, tontura e alterações na função hepática. É importante relatar qualquer sintoma incomum ao seu médico.

Consulte um profissional de saúde

Se você está considerando iniciar o uso de finasterida ou já a utiliza, é fundamental consultar um médico especializado, como um urologista ou dermatologista. Esses profissionais poderão avaliar sua condição específica, considerar os possíveis riscos e benefícios e fornecer orientações personalizadas.

Cursos da Sagifit

A Sagifit oferece cursos online relacionados à saúde e ao bem-estar. Se você deseja aprofundar seus conhecimentos sobre temas como saúde masculina, cuidados com os cabelos ou outros assuntos relevantes, recomendamos explorar os cursos disponíveis em nosso site: Sagifit Cursos.

Aviso legal

Este artigo tem finalidade informativa e não substitui a orientação de um profissional de saúde. Consulte um médico para obter orientações personalizadas sobre o uso da finasterida ou qualquer outra medicação. As informações aqui apresentadas são baseadas em fontes confiáveis, mas não podemos garantir sua precisão e integridade. O uso das informações é de sua responsabilidade.