Pode ir no ginecologista sozinha com quantos anos?

Saúde feminina

Pode ir no ginecologista sozinha com quantos anos?

junho 22, 2023
Junte-se a mais de 100 mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos, presentes, brindes exclusivos com prioridade

A preocupação sobre a idade adequada para ir ao ginecologista é comum entre as jovens e suas famílias. Neste artigo, abordaremos essa questão e forneceremos informações relevantes para ajudar a entender a idade adequada para consultar um ginecologista, seja acompanhada ou sozinha.

Idade recomendada para a primeira consulta ginecológica

A Sociedade Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (SBGO) recomenda que a primeira consulta ao ginecologista ocorra entre os 13 e 15 anos de idade, ou quando a jovem tiver o início da vida sexual ativa. É importante ressaltar que cada caso é único, e a decisão final sobre o momento da primeira consulta deve ser tomada em conjunto com os pais, responsáveis ou a própria paciente.


Privacidade e confidencialidade

Ao consultar um ginecologista, é essencial garantir a privacidade e a confidencialidade da paciente. Os médicos ginecologistas estão preparados para receber e cuidar das adolescentes de forma respeitosa e discreta, mantendo a confidencialidade sobre as informações compartilhadas durante a consulta. Isso permite que as jovens se sintam mais seguras e confortáveis ao buscar ajuda médica.

A importância da autonomia

Aos poucos, as jovens devem ser incentivadas a buscar autonomia em relação à sua saúde. Ir ao ginecologista sozinha é uma maneira de promover essa autonomia e responsabilidade pela própria saúde. Quando a adolescente se sente pronta e tem maturidade suficiente para lidar com questões relacionadas à saúde feminina, é apropriado permitir que ela consulte um ginecologista sem a presença dos pais ou responsáveis.

Conversa aberta com os pais ou responsáveis

Embora seja encorajado que as adolescentes busquem atendimento ginecológico de forma independente, é importante manter uma comunicação aberta com os pais ou responsáveis. Conversar sobre a decisão de ir ao ginecologista, compartilhar informações sobre saúde e esclarecer dúvidas pode fortalecer o relacionamento familiar e garantir um suporte adequado.

Cuide da sua saúde feminina!

Quer aprender mais sobre a saúde feminina e como cuidar de si mesma? Conheça os cursos oferecidos pela Sagifit, uma plataforma especializada em cursos online na área da saúde. Acesse agora mesmo: Sagifit Cursos.

Aviso legal:

Este artigo tem o objetivo de fornecer informações e não substitui a consulta médica. Sempre consulte um profissional de saúde qualificado para obter diagnósticos e tratamentos adequados.