Porque sentimos tontura na menopausa?

Saúde feminina

Porque sentimos tontura na menopausa?

julho 30, 2023
Junte-se a mais de 100 mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos, presentes, brindes exclusivos com prioridade

A menopausa é uma fase natural e inevitável na vida das mulheres, marcada pela diminuição dos hormônios reprodutivos e o fim da menstruação. Durante essa transição hormonal, diversas mudanças ocorrem no corpo, e muitas mulheres podem experienciar tonturas como um dos sintomas. Neste guia informativo, abordaremos as possíveis razões por trás da tontura na menopausa e como lidar com esse desconforto.

A relação entre tontura e menopausa

A tontura na menopausa é um sintoma comum, mas muitas vezes pouco compreendido. Ela pode variar em intensidade e duração, afetando a qualidade de vida de algumas mulheres durante esse período. Vários fatores podem contribuir para a ocorrência das tonturas nessa fase da vida.


Flutuações hormonais

As mudanças hormonais são a principal causa das tonturas na menopausa. Os hormônios reprodutivos, como o estrogênio e a progesterona, têm um papel crucial na regulação do sistema nervoso central e da circulação sanguínea. Com a diminuição desses hormônios, podem ocorrer alterações na pressão arterial e na circulação, o que pode levar a episódios de tontura.

Pressão arterial

A menopausa pode afetar a regulação da pressão arterial em algumas mulheres, levando a oscilações que causam a sensação de tontura.

Anemia

A deficiência de ferro, comum durante a menopausa, pode resultar em anemia, o que pode contribuir para a ocorrência de tonturas.

Enxaqueca

Algumas mulheres que têm histórico de enxaqueca podem notar um aumento na frequência ou intensidade das crises durante a menopausa, o que pode estar associado à tontura.

Estresse e ansiedade

A menopausa pode ser um período emocionalmente desafiador para algumas mulheres, e o estresse e a ansiedade podem ser gatilhos para a tontura.

Problemas vestibulares

Distúrbios no sistema vestibular, responsável pelo equilíbrio e orientação espacial, também podem causar tonturas nessa fase da vida.

Como lidar com a tontura na menopausa

Embora a tontura na menopausa possa ser desconfortável, existem estratégias que podem ajudar a lidar com esse sintoma:

Praticar exercícios físicos

A prática regular de exercícios físicos pode ajudar a melhorar a circulação sanguínea e reduzir a ocorrência das tonturas.

Alimentação equilibrada

Uma dieta equilibrada, rica em nutrientes como ferro e vitaminas do complexo B, pode ajudar a prevenir a anemia e reduzir as tonturas.

Reduzir o estresse

Técnicas de relaxamento, como meditação e ioga, podem ser úteis para reduzir o estresse e a ansiedade, minimizando a ocorrência das tonturas.

Consultar um profissional de saúde

Se as tonturas forem frequentes, intensas ou acompanhadas de outros sintomas preocupantes, é essencial buscar orientação de um profissional de saúde. Ele poderá fazer uma avaliação completa e indicar o tratamento mais adequado para cada caso.

Cursos de Saúde e Bem-estar da Sagifit

Aprofunde seus conhecimentos sobre saúde e bem-estar com os cursos oferecidos pela Sagifit. Nossos cursos abordam diversos temas relevantes para sua qualidade de vida e bem-estar geral. Acesse sagifit.com.br/cursos para mais informações e matricule-se agora mesmo!

Aviso Legal

Este conteúdo tem o objetivo de fornecer informações sobre a tontura na menopausa, não tendo a intenção de realizar vendas ou promoções. Sempre consulte um profissional de saúde antes de fazer uso de qualquer tratamento para tontura durante a menopausa. As informações aqui presentes foram elaboradas com base em dados disponíveis até a data de corte do conhecimento em setembro de 2021. Alterações posteriores podem ocorrer, por isso, verifique sempre as informações mais atualizadas de fontes confiáveis.